A temporada do Figueira não começou como os torcedores esperavam, afinal mesmo com a manutenção do técnico Hudson Coutinho nas primeiras rodadas, o time não apresentou o rendimento esperado, chegando apenas a 6ª posição.

Para entendermos melhor o que deu errado nesse turno é preciso dar uma olhada nos números da equipe. Uma das coisas que chama a atenção é que o principal artilheiro do time foi negociado na ultima semana e não pertence mais ao Furacão.

E o que falar do desempenho ruim do Figueirense jogando perante a sua torcida? Afinal vimos o time marcar mais pontos e gols longe do Scarpelli do que em casa.

Confira os números!

Dados coletivos:

  • Jogos: 9
    • Casa: 4
    • Fora: 5
  • Vitórias: 2
    • Casa: 1
    • Fora: 1
  • Empates: 3
    • Casa: 1
    • Fora: 2
  • Derrotas: 4
    • Casa: 2
    • Fora: 2
  • Gols marcados: 7
    • Casa: 3
    • Fora: 4
  • Gols sofridos: 10
    • Casa: 5
    • Fora: 5
  • Cartões: 23

Dados individuais:

  • Artilheiro: Clayton (4 gols)
  • Mais minutos: Marquinhos (720 min)
  • Capitão: Marquinhos
  • Formações mais usadas: 4-4-2; 4-3-3
E aí torcedor, depois de analisar os dados, o que pode ser feito para o Furacão melhorar no segundo turno?